UM LIVRO POR SEMANA: “Autos” (Auto da Alma)

Sugestão de Carolina Soares Malheiro
19/11/2020

“Auto da Alma”, escrito por Gil Vicente, é uma obra que retrata o percurso de uma Alma, acompanhada do Anjo Custódio para a Madre Santa Igreja com o objetivo de se redimir. Este livro foi importante para mim, pois fez-me perceber que, na vida, existem muitos obstáculos e que nós temos de saber ultrapassá-los para sermos pessoas corretas e humildes, ou seja, para atingirmos o Bem.

 

Efetivamente, quando iniciei a leitura do livro, apreciei a introdução, pois achei curioso o facto do auto ser feito à Rainha Dona Leonor e representado ao Rei D. Manuel, numa época tão remota. A partir daí, senti-me como se estivesse mesmo no castelo, com o rei, a assistir à peça de Gil Vicente.


O livro foi ao encontro das minhas expectativas, já que foi muito envolvente, com uma linguagem muito formal e uma história que nos faz distinguir o Bem do Mal, ou seja, no auto, há um momento em que a Alma é aliciada pelo Diabo, com bens materiais, para o Inferno, mas o Anjo não desiste dela e tenta convencê-la a ir para o Paraíso, redimindo-se, assim, dos seus pecados.


Em suma, adorei o livro, visto que me fez refletir sobre a questão do Bem e do Mal e de todos os obstáculos com que a vida nos confronta e como podemos e devemos ultrapassá-los.

 

Título: “Autos” (Auto da Alma)
Autor: Gil Vicente
Editora: QUIDNOVI
Modo/género literário: Dramático / Auto

Sugestão de leitura da aluna Carolina Soares Malheiro, do 10.º H2