Distinção da ex-aluna Inês Silva do Curso de Artes e Indústrias Gráficas (AG) na PEA

Dr.ª Ana Gonçalves
15/09/2020

É com enorme prazer que anunciamos que a nossa ex-(sempre)aluna Inês Coelho da Silva, do curso de Artes Gráficas, foi um/a dos/das 20 artistas selecionados para o “Portuguese Emerging Art” (PEA), de entre 172 candidaturas.

 

A “Portuguese Emerging Art” (PEA) é uma publicação anual criada em 2016 com o intuito de promover o trabalho dos artistas portugueses dentro e fora de Portugal. Esta promoção é levada a cabo com o apoio de instituições que reforçam e legitimam o trabalho de seleção feito por um júri convidado diferente em cada edição.


As categorias de seleção incidem sobre arte digital / “new media art”, arte pública, cerâmica artística, cruzamentos disciplinares (todas as situações que promovam a fusão entre as categorias mencionadas ou de, pelo menos, duas áreas - a título de exemplo: arte, ciência e tecnologia, mas também com outras disciplinas artísticas, nomeadamente dança ou cinema), desenho, escultura, fotografia, instalação, arte performativa, pintura, “sound art” e “videoart”.


O enorme trajeto da Inês passou pelo Colégio Internato dos Carvalhos, onde fez o ensino secundário no curso de Artes e Indústrias Gráficas. Licenciou- se em Artes Plásticas – Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, antes de se ter mudado para Londres onde agora vive e trabalha. Desenvolve a sua investigação académica e artística no âmbito do programa de Mestrado em Escultura do “Royal College of Art” em Londres, que se acumula à sua carreira profissional enquanto Professora de “Ballet”.


A Inês expõe regularmente o seu trabalho artístico, tanto em território nacional como além-fronteiras, e é agora representada pela “Ancel Gallery”. Inês expôs o seu trabalho individualmente em ‘Tropeçar não é cair’ (2020, MUSEU, Círculo de Artes Plásticas de Coimbra, PT); ‘Objetos têxteis’ (2018, Escola Artística Soares dos Reis, PT); ‘Sal’ (2018, Guimarães noc noc 2018, PT); e ‘Sobre o Estado do Tempo’ (2018, Galeria Geraldes da Silva, PT). Destacam-se ainda uma seleção de exposições coletivas como ‘So Close’ (2020, Side x Side Contemporary, Washington, USA); ‘MA and Other Postgraduates 2020’ (2020, Atkinson Gallery, UK); ‘Work in Progress’ (2020, Royal College of Art, UK); ‘Imodo’ (2019, Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira, PT); ‘Young Urban Performances Festival’ (2018, Kunsthalle Osbanbrück, DE); ‘Tubo de Ensaios’ (2017, FBAUP, PT); e de colaborações e residências artísticas como “B#Side Peripheral Memories” (2020, IoDeposito, Friuli Venezia Giulia, IT); ‘iobject’ (2020, Freud Museum, UK); ‘The Ego Squared’ (2019, Royal College of Art and Edinburgh College of Art, UK); ‘Female Land Artist Wanted’ (2019, Current Corporate, IT); e ‘Interior’ (October 2018, L8NDSCAPES, FR). (Consulte aqui o curriculo)


Este ano, integraram o júri da PEA Pedro Cabrita Reis, João Silvério e Maria Manuela Lopes.


Toda a Comunidade Educativa do CIC sente um enorme orgulho no percurso realizado pela Inês e formula votos dos maiores sucessos pessoais e profissionais.


O lançamento do livro será na sede da Fundação PLMJ em data a definir.

 

Dr.ª Ana Gonçalves