GAIAMUN 21- GAIA “MODEL UNITED NATIONS”
24 maio 2021@Plataforma Zoom

Pel’ O Clube Internacional,
Beatriz Augusto e Anabela Sousa
31/05/2021

O Clube Internacional do Colégio Internato dos Carvalhos organizou, a 24 de maio, em parceria com a Câmara de Gaia, o GaiaMUN, que se adaptou, pela segunda vez, às circunstâncias pandémicas.

 


Com a participação de 116 alunos, de oito escolas a saber: Escola Americana de Lisboa, Escola Secundária Almeida Garrett, Escola Secundária Gaia Nascente, Escola Profissional Arte e Desporto, Escola Profissional do Infante, Colégio Internato Claret, Colégio Internato dos Carvalhos e Colégio de Gaia, representaram países e organizações internacionais numa simulação da Assembleia Geral das Nações Unidas. O debate teve lugar na plataforma ZOOM onde se discutiram os seguintes assuntos em agenda de forma ativa e se forjaram alianças durante o período informal do “Lobbying”:


  1. “The question of strengthening local, national and international infrastructure as a means of preventing the outbreak of future epidemics/pandemics while considering the conditions that led to the rapid spread of Covid-19”;

  2. “The question of preventing and combating racism, racial discrimination, and related forms of intolerance”;

  3. “The question of the role of social media on the polarization of young people”.


A cerimónia de abertura contou com as intervenções do Dr. José Pedrosa, Diretor Pedagógico do Colégio Internato dos Carvalhos, que saudou o GaiaMUN salientando a importância deste enquanto lugar de debate dos problemas do hoje e do amanhã.


Seguiu-se o Vereador para a Juventude da Câmara de Gaia, Dr. Elísio Pinto, que afirmou a importância da democracia e de um mundo mais sustentável, liderado pelos atuais jovens nos quais deposita esperança.


Por fim, a Diretora do GAIAMUN, professora M.ª Emília Macedo, começou por relembrar a primeira conferência organizada no Colégio Internato dos Carvalhos em 2001 com o nome CICMUN e a evolução do evento até os dias de hoje, apelando aos jovens presentes que sejam cidadãos ativos e participativos e líderes justos e imparciais.


Os discursos de abertura dos Delegados de alguns países como o Brasil, a China e a Alemanha abordaram questões como a emigração, a regulação das redes sociais e os perigos da coleta de informação pessoal. De destacar o discurso do Irão que condenou a atuação política dos Estados Unidos da América e o de Portugal que falou na questão da “escravatura moderna”.


O esforço e empenho dos Delegados, que prepararam Resoluções e Cláusulas, resultou em resoluções aprovadas para todos os assuntos. No primeiro assunto, a resolução aprovada foi submetida pela Federação Russa, seguindo-se depois do almoço os debates da tarde em que também se aprovaram Resoluções, submetidas pelo Canadá e pela Polónia.


No final, foram atribuídos os seguintes prémios: “Best Delegate” à Delegada da Alemanha, Anna Lin, “Best New Delegate” aos representantes do Brasil (Carlota Silva) e do Irão (Miguel Costa) e ainda três “Honorable Mentions” para o Canadá (Anabela Sousa), para o Japão (Eva Felix) e para a França (Francisco Marques).


Como de usual, a conferência terminou com os discursos de encerramento da “Secretary General” - Sara Carvalho, do “Deputy Secretary General” - João Cavadas, e do “President of the Ggeneral Assembly” - Jorge Braga, que se despediram agradecendo todo o trabalho e empenho dos Delegados e expressando uma grande tristeza por este ser o seu último ano no Clube Internacional e, portanto, o seu último GaiaMUN, sem contudo deixarem o repto à participação no próximo GAIAMUN que todos desejam que seja já em regime presencial!

 

 

Pel’ O Clube Internacional,
Beatriz Augusto e Anabela Sousa