UM LIVRO POR SEMANA: O Homem do País Azul

Sugestão de Mariana Loureiro
04/06/2021

“O Homem do País Azul”, de Manuel Alegre, foi publicado em 1989, quinze anos após o 25 de Abril, e é um conjunto de dez pequenos contos. Escolhi este livro porque o título me pareceu muito sugestivo e porque queria ler um autor da atualidade.

 

“O homem do País Azul” é um livro autobiográfico, apresenta as memórias do escritor, a luta contra o fascismo, a guerra colonial e o exílio.


O título do primeiro conto é o mesmo do livro. Este foi o conto de que eu mais gostei, pois leva-nos para os lugares onde Manuel Alegre esteve exilado durante a ditadura e dá- nos a conhecer um homem misterioso que representa a liberdade e a esperança.


Em todos os outros contos, está também presente a procura da liberdade.


Na minha opinião, apesar de ser um livro fácil de ler, não é de fácil compreensão, porque exige conhecimentos sobre a ditadura e o contexto político que existiu em Portugal e que Manuel Alegre viveu.


Aconselho a leitura deste livro, pois, para além de ser o maior poeta português da atualidade, todos os contos têm um grande simbolismo e apresentam-nos, de forma literária, o regime de Salazar.


Título: “O Homem do País Azul”
Autor: Manuel Alegre
Editora: Dom Quixote
Modo/género literário: narrativo/contos


Sugestão de leitura da aluna Mariana Ferreira Loureiro, do 10.º H2